quinta-feira, 4 de março de 2010

Vergílio Ferreira - rápida, a sombra

Uma obra pela qual ou nos deixamos encantar ou simplesmente lemos pelo gosto de ler...
O livro desenrola-se em dois ou três espaços de ficção distintos:
  • a praia,
  • o escritório
  • a aldeia (provável).

Iniciam-se separados mas vão-se interligando,tornando difícil de distinguir as oscilações entre a imaginação e a recordação. Talvez o único factor que nos ajude a distinguir o real do sonho seja a presença da figura da mulher; a sua, Helena, ou a sonhada, Hélia.

Para conseguir distinguir estes mundos necessitamos entrar na mente deste brilhante escritor, ou simplesmente nos deixarmos levar pela imaginação e entrar nestes mundos tão diferentes de profunda fantasia.

1 comentário:

Marina disse...

Parece-me interessante ;D